Liberdade e Psicanálise na Filosofia Social de Erich Fromm

Liberdade e Psicanálise na Filosofia Social de Erich Fromm

“Do Sentimento de Impotência

Quando Fromm se pergunta sobre a qualidade de vida na sociedade capitalista de seus dias, ele se baseia fundamentalmente no modelo socioeconômico de produção e consumo industriais existentes até a década de 1970. Em sua visão, Ocidente e Oriente têm, grosso modo, uma mesma necessidade de consumismo crescente, própria do século XX. Fruto do sistema industrial, o endereço do consumidor contemporâneo não se restringe a uma estrutura política selecionada, pois “os russos estão tão ansiosos por criar o ‘Homo Consumens’ como nós, só que estão um pouco atrasados” (DOBRENKÓV, 1978, p. 129-30)1. Segundo ele, a propósito, a União Soviética pode ser chamada de capitalismo estatal…”

Liberdade e Psicanálise na Filosofia Social de Erich Fromm

Download